• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    O Diário de Carson Phillips

    Olá, gente, será que tem algum fã de Glee e, principalmente do ator Chris Colfer (nosso eterno Kurt)? Bom, se você nunca assistiu a série ou viu qualquer trabalho do ator e escritor, não tem problema, o livro não tem nada a ver com a série, porém, se gosta dele, será algo a mais com certeza.

    Carson Phillips é uma adolescente sonhador que se vê obrigado a encarar dia a dia um colégio o qual odeia, recheado de pessoas que considera insuportáveis e indignos de sua presença. Porém, seu pesadelo estudantil está muito próximo de acabar, pois Carson está, finalmente, no último ano escolar. Mas, como nem tudo são flores, não bastará para o adolescente terminar o ano ileso das maldades típicas do colégio.

    Carson sonha em ser jornalista, mas não um qualquer, ele quer ser editor da revista New Yorker e se mandar da pequena cidade onde vive, pois acredita que seu talento não pode ficar preso a um bando de fracassados que ficarão ali. Para realizar seu sonho, ele pretende entrar na Universidade de Northwestern.
    Quem curte assistir filmes norte americanos adolescentes já deve ter entendido um pouco de como funciona para entrar em uma Univerdade de lá, os feitos que você teve no colégio contam, e muito, para aceitarem um aluno. Então, para conseguir a vaga, Carson decide criar uma revista na escola para adicionar ao seu currículo, mas, como era de se esperar, ninguém, além de sua melhor amiga, está interessado em participar, principalmente porque ele não é um dos mais queridos entre os colegas e nem nunca fez questão de ser com seu jeito um tanto quanto "antipático" com todos ao redor.

    A solução para ter pessoas importantes fazendo parte do seu projeto é a chantagem. Junto com a amiga, Malerie, Carson descobre os maiores segredos da turma popular da escola e obriga a todos a entrarem e aí surge outro problema já que a maioria desses alunos parecem não ter a mínima noção do que escrever.

    Para quem conhece o personagem do Chris Colfer na série Glee vai identificar um pouco dele no personagem Carson também, os dois têm muito em comum e talvez isso seja algo da personalidade do próprio Chris. Eu adoro ele nas entrevistas e programas nos quais aparece, portanto me apaixonei pelo personagem.

    A narração é em primeira pessoa e é feita de forma reflexiva e engraçada ao mesmo tempo já que o personagem tem um humor um pouco ácido. Mas é uma linguagem bem adolescente com a qual me identifiquei muito, pois Carson trás todos aqueles sonhos que temos quando estamos terminando a escola, a sensação de "até que enfim", mas também aquele medinho de fracassar no mundo lá fora.


    "-Em que série paramos de acreditar em nós mesmos? - perguntei. - Em que série simplesmente paramos de acreditar em tudo? Quer dizer, alguém precisa ganhar o Nobel da Paz. Alguém precisa ser bailarina. Por que não a gente?"