• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    Movie Day | Star wars: O despertar da força


    Não é novidade pra ninguém o quão aguardado era o episódio VII de Star Wars. Nas semanas que precederam sua estreia, tanto os fãs mais antigos, desde as antigas trilogias (me!), quanto os novos fãs estavam em enorme expectativa sobre o filme. E não é para menos, pois o grande desafio de O despertar da Força era lançar um episódio original na franquia, mais moderno, porém sem se esquecer das características mais marcantes da saga, que conquistou milhões de fãs no mundo inteiro. O fato é que o filme conseguiu tudo isso e muito mais.

    A trama dessa vez gira em torno de Rey, uma jovem abandonada em um planeta deserto, tendo de trabalhar arduamente por suas refeições. Até que um droide - BB-8 - carregando um segredo valiosos cruza seu caminho e se inicia a aventura com muita ação, mistérios, destinos, auto-conhecimento, vilões mascarados, dilemas familiares e tudo que sempre gostamos de ver em Star Wars. 


    Os personagens são o que há de novo nessa trilogia. Primeiro a protagonista que é uma mulher bem digna das heroínas de hoje: forte, determinada, com boas convicções e um caráter exemplar. Ela veio pra mostrar que mulheres dão sim ótimas protagonistas. Além disso, temos Finn, o personagem negro que está em conflito com si mesmo e que traz um clima mais cômico em algumas cenas. E o vilão.. ah o vilão! Esse ainda tem muita coisa pra ser explorado ainda. A figura trágica de Kylo Ren não se mostrou por completo nesse filme a acredito que ainda tem muito a dizer nos próximos dois da trilogia. Temos ainda Han Solo e Chewbacca, que dá um tom de nostalgia ao filme. Eles são responsáveis por boa parte das referências às trilogias antigas. 


    O que tenho a dizer sobre o enredo em si é que ele lembra muito os filmes antigos da franquia. Se pararmos pra analisar, podemos facilmente ver Darth Vader, Luke e o novo Império representados aqui. Inclusive, uma amiga minha fez um ponto que é realmente verdade: mesmo depois de "experiências antigas" os heróis encontram a mesma falha na arma mortal capaz de destruí-los e descobrem como pará-la em questão de minutos. Não é uma coisa que tenha me incomodado, mas é inegavelmente uma falha. 

    Outro dos pontos altos do filme é a fotografia que está incrível! Os efeitos especiais estão sensacionais o que torna esse filme digno de se assistir em 3D. Essa foi outra das modernidades inseridas no filme e que apenas aprimorou o que já estava magnífico.


    Em resumo, O despertar da força fez um ótimo trabalho trazendo de volta o legado de Star Wars, mantendo as características principais que conquistaram os primeiros fãs da franquia - repare no roteiro que lembra e muito os filmes anteriores - e os modernizando com personagens mais condizentes com a atualidade e efeitos especias de ponta. É um filme feito para os fãs antigos mas almejando conquistar fãs dessa nova geração. E pra quem já assistiu só resta esperar ansiosamente pelos próximos!

    Beijos,