• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    O último dos canalhas - Loretta Chase




    Sinopse: Vere Mallory, 34 anos, é considerado o último canalha da família, um dom que vem sendo passado há gerações. Depois de perdas que partiram seu coração, se tornou o novo Duque de Ainswood, mas apenas ignorou o título, as obrigações e seguiu com sua vida de boêmio. Vere não se mete com virgens, nem com damas, e acha que as prostitutas são ótimas e descomplicadas.

    Até que conhece uma jornalista endiabrada e completamente maluca. Lydia Grenville, 28 anos, dedicou a vida para ter uma carreira como jornalista, e ser respeitada nela. Garantiu o sucesso da publicação onde escreve e com muito esforço foi construindo uma boa reputação, em uma carreira dominada pelos homens. Lydia defende bravamente suas causas, principalmente quando se trata de abuso de menores e injustiças, e não tem papas na língua.

    Os dois se conhecem em um confronto estrondoso, Lydia fica com ódio do maldito e lindo como o diabo, Mallory. Que fica fascinado com a beleza clássica, escondida atrás dos trajes de solteirona.

    Os dois se envolvem um jogo de gato e rato. Ela tem missões, reportagens, objetivos. Ele não tem nada para fazer a não ser persegui-la, e o faz de muito bom humor. Ela odeia nobres ricos e ociosos, ele quer uma nova conquista. Eles lutam contra a atração crescente, fazem apostas e se metem em muitas confusões. Resta saber, quem será o primeiro a ceder nesse jogo sedutor.

    Loretta Chase entrou para a minha lista de autoras de romances de época favoritos! Ela gosta de construir personagens femininas fortes, independentes e corajosas e eu adoro mocinhas assim, principalmente, em uma época em que os direitos não eram iguais e que os homens mandavam em praticamente tudo.

    O último dos canalhas é o segundo livro lançado no Brasil da série Os canalhas, ou scoundrels em inglês. De acordo com a editora, este seria o último livro da série já que eles lançaram o 3 e o 4, mas um não interfere na história do outro, apesar do casal de O príncipe dos canalhas ter uma relação direta com o deste livro.

    O romance é cheio de tensão sexual e mistérios que vão sendo revelados ao longo da narrativa. São mistérios familiares que não tem tanta importância para o desenrolar da história, mas eu gostei de saber sobre a origem da Lady Greenville, a temível jornalista que não tem medo de nada. Bonita, inteligente, desafiadora, destemida e independente. Que mocinha valente, senhoras e senhores! Só não digo que é uma das minhas preferidas por que Lizzie Bennet de Orgulho e preconceito ficaria chateada, mas se fizesse uma lista as colocaria juntinhas.

    Vere Mallory é corajoso, forte e grosso, mas a sua simpatia e seu jeito fofo atrapalhado de tratar Lydia que fez de tudo para escapar de suas garras amorosas. O casal apronta muito durante a história e Lydia é aquela mocinha que não mede esforços para ajudar os necessitados. Eu gostei muito da química do casal e da personalidade forte dos dois. Diferente do Lorde Belzebu do primeiro livro que era arrogante e bem estúpido de vez em quando.

    Ahhh quase me esqueci de falar do Bertie, irmão da Jéssica do primeiro livro. Ele vai aparecer muito nesta história e o seu final é muito fofo! Ele é atrapalhado, mas é gente boa.

    Recomendo o livro, a leitura é rápida, divertida e encantadora. Vale o investimento e o tempo. Gostaria de indicações de mais histórias de época com mocinhas destemidas e corajosas. Vocês podem me indicar?


    Classificação:



    Beijos,