• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Zack e Mia - A.J. Betts

    Zac é um jovem adolescente que luta contra leucemia e está internado em um hospital aguardando sua recuperação após um transplante de medula óssea. Mesmo nessa situação difícil, Zac é um rapaz muito tranquilo e lida com a doença sempre com otimismo. Tudo indica que ele logo irá pra casa, mas nesse meio tempo ele conhece Mia: uma garota mais que desagradável que ocupa o quarto ao lado do dele e não sabe fazer nada além de atazanar a vida dos outros. 

    Mia é uma menina que recentemente foi diagnosticada com osteossarcoma e está - como esperado - na fase de negação da doença, aquela fase em que sente que tudo está contra ela e a culpa é do universo por ela ter de enfrentar tamanha injustiça. Por isso, ela trata a todos muito mal, é muito rebelde e, ao contrário de Zac que celebra cada dia com vida e que tem otimismo quanto a sua situação, Mia desconta em todos sua frustração, medo, raiva e todos os sentimentos ligados a essa terrível doença.

    É nessa situação conturbada que Betts desenvolve sua história. Não tenho muita afinidade com livros desse gênero pois eles, na maioria das vezes, são muito densos e dolorosos. Porém, Betts conseguiu fazer o que poucos fazem, que é deixar a história um pouco mais leve, menos sofrida e mais esperançosa.

     Ela pega dois personagens completamente diferentes, onde a única coisa em comum é a doença que enfrentam e faz surgir dali uma linda amizade. São duas pessoas que reagiram diferente ao que estava por vir, mas em ambos os casos tudo que os dois queriam era ser normal, era poder viver uma vida como todo mundo, fazer o que adolescentes da idade deles faziam. E o mais próximo que eles podem chegar disso é um com o outro.
    Confie em mim, penso. Confie em mim.Então ela se apoia em mim como se eu fosse o único amigo que restasse no mundo.

    Os personagens são muito cativantes (O Zack mais o que a Mia, haha). Acredito que pela criação e a família que teve, Zack é muito mais maduro que Mia. Ele lida muito melhor, muito mais tranquilamente com tudo do que Mia, que chega a ser um pouco irritante em sua infantilidade (o que é compreensível). Ele é um personagem forte, que tenta ajudar e passar essa força pra Mia, e isso só me faz admirá-lo mais. Já Mia me comoveu profundamente, pois além de ter de passar por tudo isso, não tinha o apoio que Zack tinha. Por isso, mesmo que tomasse atitudes muitas vezes egoístas, eu ainda me compadecia dela. 

    Durante o decorrer da história, os personagens - mais a Mia - passam por um aprendizado enorme a aprendem a ver a vida com outros olhos. Eles vão amadurecendo, mudando seus sentimentos e pensamentos a cerca de si mesmos e as relações que mantinham com os outros próximos a eles. E junto com eles, nós também aprendemos um pouquinho sobre isso.

    Com uma narrativa fluida e bem gostosa de ler, Betts nos leva por uma história emocionante. Daquelas que te deixa com o coração na mão, que te faz refletir, que nos conta sobre superação e amizade e família. Um livro que fala sobre vida e sobre como aproveitá-la da melhor maneira. É realmente inspirador, não imaginei que fosse gostar assim!

    Classificação




    Beijos,