Evie e Leo se conheceram ainda crianças quando moravam em um lar adotivo e aos poucos foram desenvolvendo uma amizade única a ponto de confiarem cegamente um no outro. Ao longo dos anos os laços que se criaram entre eles foram se estreitando ainda mais e sentimentos mais fortes foram surgindo em ambos. Porém, o destino é cruel, e quando Leo tinha 15 anos e Evie 14, eles tiveram que se separar pois o primeiro foi finalmente adotado por uma família. Mesmo assim, eles fizeram a promessa de retornar um pro outro quando Evie completasse 18 anos. Evie depositou todas suas esperanças nessa promessa que nunca que se cumpriu, e anos depois, quando já havia saído do orfanato e estava construindo uma vida para si mesma longe do passado e de seu amor por Leo, ela conhece Jake. 

Jake é um homem misterioso que tem seguido Evie e quando ela o confronta descobre que na verdade ele era um amigo de Leo e que está ali para fazer um favor a este. Evie fica devastada com as notícias que esse belo estranho traz e não sabe como lidar com elas e com todas as lembranças que ressuscitam nela, ainda mais com a atração que parece sentir por Jake. Cheia de perguntas sobre Leo, Evie se aproxima de Jake a fim de saber mais sobre o que aconteceu ao mesmo tempo em que sente essa atração crescer ainda mais entre eles, mas ainda com receio de confiar totalmente nesse misterioso homem que parece estar escondendo alguma coisa.

Narrado em primeira pessoa do ponto de vista de Evie, Mia Sheridan nos leva por mais uma história emocionante. Evie, apesar de tudo pelo que passou, conserva o bom caráter, a personalidade generosa e a habilidade de fazer o melhor do que a vida lhe dá. Não é a personagem mais forte que já conheci, mas é inspiradora na sua força de vontade e otimismo. O único momento em que me irritou um pouco foi ao se aproximar de Jake mesmo na situação duvidosa em que o conheceu e mesmo pressentindo que ele escondia alguma coisa. E também, por vezes ela é meio submissa, e senti falta de uma protagonista mais decidida. Porém, mesmo com esse detalhe eu acabei me apaixonando pela personagem. 

Já Jake é apaixonante. Um homem fofo, que mesmo quando sabemos que está escondendo algum segredo nos encanta com o carinho que tem com Evie e com sua preocupação com ela. Ele é daqueles personagens que a gente ama mesmo desconfiando dele e morrendo de curiosidade para conhecê-lo melhor e saber o porque de tanto mistério. Porém, como Leo não há nenhum. A autora desenvolveu o relacionamento dele com Evie de maneira tão sutil, tão natural que é impossível não torcer pelos dois e não ficar com o coração apertado com tudo que sabemos que aconteceu com eles. Leo é incrível em seu modo de cuidar e amar Evie, e ficamos com o coração partido ao saber de tudo que ele passou.

O romance é um pouco rápido demais para meu gosto, mas mesmo assim exala emoção. O modo como os dois vão superando cada barreira, como vão desenvolvendo o relacionamento e aprendendo a confiar um no outro é tocante. Além disso, que por si só já daria um romance emocionante, há ainda a aura de mistério que a autora envolve no livro, e que deixa a trama ainda mais instigante. A autora soube montar o enredo a fim de nos deixar curiosos com relação a Jake e ao que ele esconde. 

De maneira geral o romance é lindo, com uma carga de drama na medida certa e mistério que nos envolve até o último fio de cabelo. Além disso, por ser um livro um tanto curto e com uma narrativa bem fluida, é uma leitura extremamente rápida. Só fiquei curiosa pra saber o lado da história de Jake e estou torcendo para a editora lançar o livro na versão dele. 

Classificação




Beijos,