O Príncipe de Westeros e outras histórias é uma antologia organizada pelo famoso George Martin e possui contos dos mais diversos tipos. A proposta do livro é justamente essa: o autor convidou diversos autores conhecidos, de diferentes gêneros, estilos e editoras,  para escrever contos sobre canalhas. E o resultado foi essa incrível obra.

Não sou uma pessoa muito adepta de livros de contos, por muitas das vezes achar que o pouco número de páginas torna a história mal desenvolvida, porém esse livro me conquistou. Acredito que o fato de os escritores participantes da antologia serem autores já conhecidos e com certa reputação de "boa escrita" (alguns inclusive eu já conhecia e apreciava de suas obras) colaborou para tornar este um livro de contos sensacional. 

O fato é que mesmo que os temas abordados sejam o mesmo, a forma com que cada autor trata esse tema, como cada autor põe sua marca, mostra seu estilo, faz com que tenhamos uma combinação entusiasmante e que tem uma maior chance de agradar a maior parte dos leitores. Além de que torna o livro um tanto refrescante, já que temos uma abordagem diferente para cada conto (além da própria história ser diferente).

Os contos em si são espetaculares. Amei todas as histórias, e mesmo que cada uma tenha sua média de apenas 40 páginas, todas elas foram surpreendentemente bem desenvolvidas e com enredos muito inteligentes. São contos do tipo que vão criando uma tensão ao longo da leitura e quando estamos prestes a estourar vem o desfecho que nos pega de surpresa e nos deixa de queixo caído - exatamente o que foi proposto por Martin ao organizar a antologia. Por isso, mesmo que sejam abordagens, gêneros e estilos diferentes, todas seguem uma mesma linha: a do antagonista que nunca sabemos realmente quem é ou quais os propósitos, reviravoltas surpreendentes, uma tensão construída palavra a palavra e desfechos explosivos.

Não consigo dizer exatamente qual o meu conto favorito, mas posso afirmar que nessa obra pude conhecer a escrita de autores do qual só tinha ouvido falar da reputação e ainda de apreciar - mais uma vez - a habilidade de escritores que já conhecia e admirava. Inclusive, um ponto em comum que achei em todos foi o desenvolvimento inteligente dos contos e os personagens com personalidades bem construídas. 

De modo geral, esse é um livro original, com contos sensacionais que nos tiram o fôlego e nos deixam de queixo caído com a inteligência de seus enredos. O fato de serem contos curtos dá um dinamismo à obra que me agradou muitíssimo e me surpreendi com a profundidade desenvolvida em cada conto. Amei a obra e com certeza vou procurar outros livros dos autores que a compuseram.

Classificação




Beijos,