Assim como em seu primeiro volume, Star Wars: Então você quer ser um Jedi?, narra, com fidelidade, os acontecimentos do episódio V (O Império contra-ataca). De uma maneira mais juvenil, com mais originalidade e ilustrada, o autor Adam Gidwitz, divide a história do episódio V em cinco partes.

Diferente do primeiro livro, escrito por Alexandra Bracken, esse é narrado em segunda pessoa, é um tanto mais infantil do que eu esperava e possui partes interativas com objetivo de mostrar ao leitor os passos para se tornar um Jedi. Além disso, esse volume possui mais alterações na história do que o anterior, embora ainda permaneça fiel aos acontecimentos originais, apensa sofreu alguns acréscimos por parte do autor.

Confesso que fiquei - e ainda estou - bem dividida com relação a esse livro. Primeiro não curti muito a narrativa, creio que por não estar muito familiarizada com a narrativa em segunda pessoa me senti um pouco estranha durante a leitura. Ao mesmo tempo, essa narrativa e o foco maior que o autor da a Luke, nos aproxima ainda mais do personagem e nos envolve mais profundamente nesse universo. 

Outro ponto que gostei e não gostei ao mesmo tempo foi a infantilização da obra. Achei que o autor deixou o livro infantil demais, e ao mesmo tempo em que gosto de livros infantis, acredito que destoou do propósito da coleção e saiu um pouco da linha que o primeiro volume tinha desenhado. Por outro lado, acho que essa característica é a ideal para atrair as novas gerações ao mundo Jedi. 

As partes interativas eu gostei bastante no começo, porém acabei achando meio cansativo no final. A ideia é bem original, e acaba por nos fazer refletir durante a leitura, mas acredito que o autor tenha exagerado e poderia ter diminuído a frequência dessas partes no livro.

 Há ainda os acréscimos na descrição e alguns acontecimentos que o autor criou e quanto a essa parte eu adorei! O autor tem uma criatividade enorme, e os acréscimos que fez à história só fizerem melhorar o que já era bom. Os cortes que ele fez, por outro lado, não me agradaram tanto assim. Acho que o romance que acontece na história tem o seu propósito e o autor praticamente fingiu que isso não existia. Senti falta dessa parte durante a leitura.

De maneira geral, esse segundo volume cumpre seu propósito, da mesma maneira que o primeiro volume o fez. Para os fãs da saga, esse livro resume todos os grandes acontecimentos - o treinamento de Luke, os perrengues de Solo, Leia, C3PO e R2D2, o confronto final entre Luke e Vader, etc. - mas com acréscimos para deixar a história mais juvenil e dinâmica. É um ótimo livro pra quem não conhece os filmes também, mas principalmente para os pré-adolescentes/crianças que vão se identificar mais com o estilo do autor.

Um último ponto que quero abordar é o capricho da editora nas edições dessa coleção. Os livros estão simplesmente incríveis, a capa aveludada é linda e as ilustrações são perfeitas. Toda a edição e diagramação está muito bem feita.

Classificação




Diria um 3,5.
Beijos,