• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Blogar: Hobby ou obrigação?


    Oi gente! O Aleatoriedades de hoje vai falar sobre um assunto bem diferente. Na verdade é mais um desabafo do que qualquer outra coisa, mas acredito que já serve de aviso pra você que tem/pretende ter um blog. Li um texto similar em algum lugar (se alguém ver por aí me manda o link pra eu ver e dar os créditos!), e me identifiquei tanto com ele, que tive que vir dividir meus sentimentos com vocês.

    A maioria das pessoas (digo por mim) quando começa um blog não tem muitas pretensões quanto a ele. A gente nunca sabe se vai dar certo ou não, e pelo menos no meu caso, começamos mais com o intuito de dividir minhas opiniões e pensamentos, dividir o meu amor por livros com a esperança de que alguém fosse ler e gostar do que eu escrevia. Era um prazer pra mim, algo que eu fazia poque gostava (ainda gosto), me deixava feliz. De repente eu me vi com um blog com milhares de visitas mensais, pessoas comentando, na corrida por conseguir mais seguidores e visitantes a fim de conseguir parcerias com editoras. O Romances e Leituras é um blog de sucesso. Óbvio - ele ainda pode melhorar, crescer ainda mais, mas é relativamente um blog grande.

    E como todos os blogs grandes ou qualquer um que queira chegar lá, nós (digo a equipe) temos que nos dedicar e nos esforçar pra trazer sempre mais novidades, mais posts interessantes, mais conteúdo dinâmico. Temos leitores para agradar, editoras que cobram as resenhas nos prazos que elas dão, temos que correr atrás de seguidores e de comentários e pra isso temos que bolar sempre sorteios novos. É muita coisa, e pra quem tem uma vida fora disso, acaba se tornando pesado, e esse é o ponto desse post. Quando que o blog deixa de ser um hobby, algo que a gente faz por prazer pra se tornar uma obrigação? Pra se tornar algo exaustivo?

    A verdade é que eu acabo deixando de ler vários dos livros que eu comprei e tenho muita vontade de ler porque tenho outros 5 livros de editoras parceiras pra resenhar. Deixo de dormir várias vezes pra programar posts novos pros leitores do blog. Acabo usando o único dia de folga que tenho (sim eu trabalho 6 dias na semana) pra pensar e planejar conteúdo novo pra vocês. Já tenho uma rotina corrida (trabalho, estudo em dois cursos diferentes, tenho casa), e o blog, querendo ou não, toma grande parte do meu tempo.

    Exige muito esforço de mim manter o blog ativo, com conteúdo de interesse e sempre atualizado. A verdade é que não deveria ser assim, e isso acaba nos desanimando. Acredito que todo blogueiro já passou por isso - afinal quem não tem uma vida além de blog? - e não é a toa que muitos dos blog que eu gosto estão fechando por aí. 

    Blogar devia ser divertido, devia ser prazer, mas muitas vezes se torna obrigação e algo que a gente faz porque tem que fazer. Até que ponto temos que deixar nossa vida de lado pelo blog - algo que fazemos sem receber nada por isso (além de livros)? Acredito que pra tudo tem um equilíbrio na vida, e não devemos deixar de sair com os amigos ou a família pra ficar em casa fazendo post. Não devemos deixar de ler um livro que nos interessou só porque temos outros 10 que a editora está nos cobrando resenha. Não devemos deixar de viver o que seja que nós queremos pra ficarmos presos ao blog. 

    Sim, eu amo blogar, eu amo interagir com vocês, amo dividir minhas opiniões e pensamentos com meus leitores, mas às vezes também quero ter um tempo só pra mim, pra fazer o que eu quiser sem a pressão de ter que fazer porque tem alguém cobrando - seja leitor ou editora. E a partir de agora fica decidido que não vou me obrigar mais a nada - farei o que tiver vontade, sem pressão e só por prazer. 

    Beijos,