• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    Alguém como você - F.P.Rozante

    Ricardo e Mel são dois amigos improváveis, que pertencem a mundos diferentes, mas que aos trancos e barrancos conseguem manter uma amizade meio às escondidas por anos. Rick pertence à uma família rica, dona de uma empresa grande, e desde cedo teve sua vida controlada pelos pais, que prezam a pose e o status social. Por isso, sempre foram muito claros com relação ao relacionamento que ele mantinha com Melissa: eles eram terminantemente contra.

    Mel é uma menina simples, criada na casa de Ricardo como filha da empregada e já está acostumada a mesquinharia de sua família e sabe que o sentimento que nutre em segredo nunca poderá se concretizar. Porém, cada vez mais ela se magoa com as humilhações de Ricardo nas festas de gala em que trabalha, escondendo a amizade deles e renegando-a. Seu coração já não aguenta mais, e seu amor por ele começa a se abalar. Só que, é como diz o ditado "só damos valor ao que se perde", e Ricardo vai sentir isso na pele. 

    Li Alguém como você tempos atrás quando tinha sido escrito no wattpad e me apaixonei na primeira página. Bia Rozante tem o dom de fazer isso comigo, me envolve já nas primeiras palavras tornando impossível largar o livro. E este, por mais que nos dê ódio em certos momentos, é desses que ansiamos pela próxima página, querendo saber o que vai acontecer.

    Confesso que a temática do livro é um tanto clichê, mas isso nunca me impediu de gostar de um livro. Pelo contrário, em certos momentos até busco leituras assim, clichês e confortáveis. O interessante é que a autora além de abordar o romance em si - que é mais do que emocionante -, nos lembra como o preconceito entre classes ainda existe, e o quanto nos acovardamos por medo. 

    Narrado em primeira pessoa, alternando as perspectivas dos protagonistas, acompanhamos a deliciosa e angustiante história de Mel e Rick. Sofremos junto com Mel a cada erro de Rick, e temos vontade de matá-lo por suas atitudes. Porém, a cada capítulo que ele narra que vemos claramente seu conflito interno, nos compadecemos e nos apaixonamos um pouco mais por ele. É notório que ele interpreta um papel por vontade da família, mas também podemos perceber que ele nutre um amor enorme por Melissa, que só precisou ser ameaçado para ele começar a tomar as atitudes certas.

    Aliás, é gratificante ver quando Rick finalmente percebe que Mel não vai esperá-lo pra sempre e começa a correr atrás dela. Ele pode ter cometido vários erros, mas em seu caminho para acertar ele acaba se redimindo.

    No geral, esse é um romance delicioso,envolvente, emocionante e até reflexivo. É angustiante acompanhar os tropeços desses dois até finalmente podermos vê-los como um casal que se ama plenamente. E só tenho mais uma coisa a acrescentar: quero logo o Elton e a Sara!! Os dois são perfeitos como personagens secundários, e mal posso esperar para vê-los sendo protagonistas de suas próprias histórias! <3

    Classificação




    Beijos,