• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    Sobre a Escrita - Stephen King

    Diga-me, qual leitor ainda não ouviu falar do mestre do terror, Stephen King? Mas, dessa vez não serão livros com coisas sobrenaturais, com psicopatas ou monstros. Se você ainda não deu chance para o Sr. King por não gostar muito de livros de terror, ou porque ainda não teve vontade, venha comigo, pois vou te apresentar um livro incrível.

    “Sobre a Escrita” foi lançado em 2015 aqui no Brasil pela Suma de Letras. Nele, Stephen King vai contar um pouco sobre a sua trajetória como autor e nos dar alguns ensinamentos e dicas que só uma pessoa que tem tamanha experiência poderia transmitir.

    Na primeira parte do livro, intitulada de “Currículo”, visitamos a infância de Stephen e vemos como a arte de escrever já estava presente desde criança. Vemos também algumas histórias dele, já adolescente, e também adulto, na universidade.
    “Se você quer ser escritor, existem duas coisas a fazer, acima de todas as outras: ler muito e escrever muito. Que eu saiba, não há como fugir dessas duas coisas, não há atalho.”
    segunda parte, intitulada “Caixa de Ferramenta”, é onde o autor nos conta algumas ferramentas que todo escritor precisa ter em sua caixa para poder escrever. Ele fala um pouco de gramática, narração, conhecimento da língua e também sobre ler muitos livros para aprender e buscar inspiração com os melhores.

    “Sobre a Escrita” é a terceira parte, o autor vai nos contar um pouco sobre o mercado editorial, sobre seu ritmo de escrita e relatar como foi escrever algumas de suas obras.

    Há um tempo eu vinha lendo algumas resenhas desse livro e fiquei morrendo de vontade de ler. Assim que pude, comprei o livro e logo comecei a devorá-lo.

    Esse foi meu primeiro contato com o autor e eu acredito que não poderia ser melhor. Gosto de conhecer a pessoa que está por trás de cada livro, o caminho que percorreu, as dificuldades e de onde ela começou, todas essas coisas me fazem ficar mais próxima do autor quando eu estou lendo alguma de suas obras. Eu sinto como se estivesse ao lado deles enquanto eles escrevem.

    "No fim das contas, a escrita é para enriquecer a vida daqueles que leem seu trabalho, e também para enriquecer a sua vida."

    Foi maravilhoso conhecer um pouco do Stephen, ele é um cara muito divertido, e isso acabou sendo passado para o Sobre a Escrita. Eu perdi a conta de quantas vezes caí na risada durante a leitura. Talvez eu tenha passado vergonha no trem... Talvez.

    Acho legal comentar que durante a leitura dá vontade de fechar o livro, pegar uma folha e começar a escrever. O livro te empolga de uma forma inexplicável, ele te anima a escrever, mesmo que você não tenha ideia nenhuma, nem saiba como você vai começar. Parece mágico, só quem leu sabe como é.

    Durante a leitura você vai conhecer um pouco sobre a construção de algumas obras do autor, as quais ele vai usar de exemplo para dar algumas dicas. Nesse momento, é quase impossível não sentir no mínimo uma pontinha de vontade de ler algum. Infelizmente vão ter vários spoilers, mas isso não atrapalha em nada a leitura, se você ainda não leu algum desses livros, que nem eu é só pular, isso não vai prejudicar a leitura.

    "Não existe um Depósito de Ideias, uma Central de Histórias nem uma ilha de Best-Sellers Enterrados; as ideias para boas histórias parecem vir, quase literalmente de lugar nenhum, navegando até você direto do vazio do céu: duas ideias que, até então, não tinham qualquer relação, se juntam e viram algo novo sob o sol. Seu trabalho não é encontrar essas ideias, mas reconhecê-las quando aparecem."

    Por fim, como eu já disse lá no começo, esse livro é incrível, além de tudo que eu contei para vocês ele traz várias dicas legais que só vão fazer com que você cresça, não só como escritor, mas também como leitor. No fim das contas, você acaba se tornando bem mais crítico com as suas leituras. Acho maravilhoso quando há essa transmissão de experiências, isso faz com que muitas pessoas possam crescer e aprender muito.

    Fica também a dica para vocês que já escrevem e querem se aprimorar, e para vocês que pretendem começar e precisam de um “ponta pé”.

    “Escrever é mágico, é a água da vida, como qualquer outra arte criativa. A água é de graça. Então beba. Beba até ficar saciado.”

    Classificação: 


    Espero que tenham gostado! Me contem nos comentários se vocês já leram esse livro ou se têm vontade. Aproveitem e me recomendem outros livros do Stephen para que eu possa pegar para ler. :)
    Beijos,