• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Como eu era antes de você - Jojo Moyes


    "Aos 26 anos, Louisa Clark possui uma vida mediana e não possui muitas ambições. Quando Lou é obrigada a procurar outro emprego acaba sendo contratada como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor tem 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de sofrer um acidente, o antes ativo e esportivo Will agora desconta toda a sua insatisfação em quem estiver por perto. Sua vida parece sem sentido e dolorosa demais para ser levada adiante. Obstinado, ele planeja com cuidado uma forma de acabar com esse sofrimento. Só não esperava que Lou aparecesse e se empenhasse tanto para convencê-lo do contrário.
    Uma comovente história sobre amor e família, "Como eu era antes de você" mostra, acima de tudo, a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado." texto baseado na sinopse do skoob.

    Existe alguém que ainda não ouviu falar de “Como eu era antes de você”?


    Apesar de ter sido lançado lá em 2013, o sucesso do livro é recente e o tornou um dos “queridinhos” do momento. Não é difícil encontrar opiniões recentes a respeito dele nas redes sociais, ou milhares de fotos no Instagram.

    Jojo Moyes se tornou popular em função de seus vários romances lançados pela Intrínseca, e vem conquistando um espaço importante na cena literária, chegando a se tornar uma das poucas escritoras a ter três livros ao mesmo tempo na lista dos mais vendidos do The New York Times.

    Não tenho o costume de ler livros dos quais “todo mundo” está falando, para não me influenciar pelas opiniões do momento e acabar criando muita expectativa em cima da leitura.

    Contudo, não pude resistir ao e-book de “Como eu era antes de você” por menos de R$ 14,00 na Amazon. Iniciei a leitura no momento em que o download terminou e durante uma hora e meia fiquei completamente desligada do mundo, absorta na leitura. Só voltei à realidade quando meu celular despertou, me lembrando de que eu tinha um compromisso.



    A escrita de Jojo Moyes é extremamente ágil, o que explica o porquê de toda a popularidade da autora. Ela realmente sabe como contar uma história, envolver o leitor na trama, fazer com que ele mergulhe no drama dos personagens.

    Louisa Clark é uma jovem de 26 anos que acaba de perder o emprego e está enfrentando momentos difíceis. Ela sofre por não poder ajudar a pagar as despesas da família, que é bastante humilde. Em função disso, se candidata a toda e qualquer oportunidade de emprego, mas nada parece dar certo.

    Ao se candidatar para a vaga de cuidadora assistente de um tetraplégico Louisa mal sabe o tipo de provações pelas quais vai passar.



    Will Traynor tem 35 anos e ficou tetraplégico após um acidente. Antes do acidente ele viajava pelo mundo experimentando toda a adrenalina possível. Depois do acidente Will se tornou insatisfeito, e não suporta a ideia de passar a vida toda dependendo de outras pessoas para realizar qualquer tarefa, por mínima que fosse.

    É interessante de ver como a autora constrói a evolução da relação de Louisa e Will, extremamente difícil no início e emocionante no final.

    Louisa é uma garota otimista, e a medida que vai se tornando amiga de Will se empenha para tirá-lo de casa e fazê-lo aproveitar as oportunidades de passeios para cadeirantes. Afinal, dinheiro não é problema para Will e sua família riquíssima.

    Porém o empenho de Lou só serve para irritar Will, que está cansado de todo mundo ficar agindo como se soubesse o que é melhor para ele.

    “Quem eu era antes de você” é uma história sobre a diferença entre concordar com alguém e respeitar suas decisões, e muito mais que isso, é sobre a importância de sonharmos e sairmos da zona de conforto para alcançar esses sonhos.



    É sobre um amor intenso que vai marcar suas vidas para sempre, principalmente no que diz respeito a deixar como “lição” que nunca devemos desistir daquilo que sonhamos, mas que devemos deixar ir aqueles que amamos, se essa for uma escolha consciente. Isso não significa que o amor não era suficiente, mas sim que a dor era incurável.

    “Como eu era antes de você” não é um romance cujo foco é a interação amorosa dos personagens, mas sim aquilo de bom que podemos fazer por quem amamos.


    Se você já leu, me conta TU-DO o que achou do livro. E quem não leu ainda, me conta se tem interesse nesse tipo de leitura :D


    Beijocas!