ATENÇÃO! ESSA RESENHA PODE CONTER SPOILERS DOS LIVROS ANTERIORES!
Em Coração?, Alexia se mostra mais uma vez atolada até a alma de confusões. O bebê que carrega ainda é alvo de especulações da sociedade e parece que todos os olhos estão voltados à essa cria nada convencional. Por esse motivo, Lorde Akeldama terá de fazer parte da criação do bebê para manter um olho sobre essa situação inovadora para a comunidade sobrenatural. 

Em paralelo a esse drama, temos um fantasma um tanto incoerente que diz saber informações sobre um suposto atentado contra a Rainha, então, mesmo estando em seu oitavo mês de gestação, Alexia, que nunca deixa de procurar confusões, começa a investigar o assunto e fazer o que faz de melhor. Essa investigação acaba rendendo muito mais do que a própria Alexia esperava e algumas respostas acabam surgindo em meio ao turbilhão de acontecimentos.

O quarto volume da série O protetorado da sombrinha é tão eletrizante e surpreendente quanto seus anteriores. Não canso de ficar embasbacada com a determinação e teimosia da Alexia. Essa sim é uma personagem decidida e de fibra, que não medo de meter as caras e resolver os problemas, o que acaba por nos render cenas pra lá de divertidas. 

Esse é, de longe, o melhor livro da série. Talvez por vermos algo totalmente novo (que final minha gente!) acontecendo, ou talvez por termos mais revelações que em todos os outros livros. Neste volume temos respostas a uma série de perguntas que ficaram em aberto nos outros livros. 

Outro ponto que me faz acreditar que esse seja o melhor volume até o momento é observar a evolução nos personagens secundários. Eu já amava que a autora conseguia incluir de maneira sutil e natural todos os personagens secundários na trama, e agora amo ainda mais pois vê-se claramente que ela desenvolve as próprias histórias desses personagens, nunca os deixando de lado. 

Falando em personagens, coisa que a autora sabe fazer muito bem é desenvolvê-los. Ela não simplesmente cria um personagem e o joga na trama, ela tem o cuidado de desenvolvê-lo na história, nos mostrando aos poucos cada camada da personalidade de cada um de maneira que somos sempre surpreendidos com alguma nova característica do mesmo. 

A trama, como em seus outros volumes, é super bem bolada e nos envolve até o último fio de cabelo. Com um ritmo eletrizante, a autora nos cativa em cada linha e nos deixa sem fôlego, imersos na leitura até chegar a última página. Já disse isso em outras resenhas da série, mas o universo criado por Gail Carriger é sensacional e não me canso de ver como ela consegue explorá-lo tão bem.

Em suma, o livro é maravilhoso! Pra quem curtiu os primeiros livros da série, esse é um prato cheio! Repleto das características usuais do steampunk, somado ao lado sobrenatural que eu tanto amo, personagens cativantes, sarcásticos, inteligentes e apaixonantes e coroado com um enredo bem trabalhado e envolvente. O livro é a medida certa de aventura e bom humor. Quem não conhece a série ainda não sabe o que tá perdendo! 

Classificação




Beijos,