• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Contato
  • Resenhas Novas

    Delícia, Delícia

    Delícia, Delícia narra a historia de Baxter e Lani. A segunda é uma mulher que lutou muito pra conseguir ter seus sonhos, tendo que sair de Nova York por conta de um escândalo que diziam que o sucesso dela se devia ao romance com Baxter - o famoso Chef Hot Cakes, quando na verdade nunca houve nada entre os dois. Pra superar esse obstáculo, Lani foi pra uma cidadezinha montar sua confeitaria e superar tudo que aconteceu. Só que Baxter decide lutar pela mulher que ama, nem que pra isso seja preciso levar seu programa de televisão até a cidade em que ela mora.

    Com uma narrativa em terceira pessoa e alternando os pontos de vista entre o casal protagonista, Donna Kauffman conseguiu criar um romance que ao mesmo tempo em que é leve, divertido e sedutor, tem sua profundidade e um toque de realismo. A narrativa é objetiva e envolvente, sem firulas desnecessárias o que torna o livro bem mais dinâmico e rápido de ler. Confesso que lio livro em questão de horas de tão gostosa que é a leitura.

    Os personagens são muito bem desenvolvidos no livro, algo que chama a atenção justamente por se tratar de um romance. É difícil acharmos um romance em que os personagens sejam tão bem construídos assim. Lani é uma mulher forte, determinada que não se anula por causa de homens e tem uma personalidade muito forte. Adorei a protagonista, mesmo que as vezes eu tenha tido vontade de dar na cara dela, eu amei como ela foi construída ao longo do enredo. Baxter é aquele cara arrogante e prepotente que a gente meio que odeia no início, mas que conforme vamos vendo como ele é de verdade e conforme ele vai amadurecendo durante a história nos apaixonamos. 

    O romance dos dois também é bem desenvolvido, não é nada rápido ou fácil demais. Lani não corre pros braços de Baxter instantaneamente, ela não abre mão de tudo por ele, o que acontece é uma evolução natural da atração irresistível dos dois, que ainda assim tem que trabalhar a realidade pra poderem ficar juntos. 

    Outro ponto interessante, que eu sempre comento que me agrada nos livros é o fato de a autora não focar somente no casal protagonista, mas dar espaço pros personagens secundários terem seu papel também. O contexto todo do romance é bem trabalhado e dá um algo a mais à história.

    No geral é um romance bem leve, com muitas cenas divertidas e outras bem picantes. Eu diria que é um livro bem sessão da tarde, que não é nada extraordinário, mas ainda é uma delícia de ler e é impossível largar até o final. Vale a pena a leitura!

    Classificação

    Beijos,