• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    Sedução da seda

    As irmãs Noirot são o oposto das típicas damas da aristocracia inglesa. Desde cedo, muito por conta de sua irresponsável família, tiveram que batalhar para conseguir seu lugar ao sol, e dessa maneira conquistaram uma profissão e acabaram por se tornar modistas de sucesso, com um ateliê rentável que é a base da vida desses mulheres. Por ele, e pelo seu sucesso estão dispostas a praticamente tudo, inclusive bolar um plano de conquistar a noiva de um duque como sua mais fiel cliente.

    A protagonista da obra é Marcelline, a mais velha das irmãs, que parte em busca do Duque de Clevedon - Gervaise - por puro interesse. Sua ideia é usar a posição importante dele para agregar reputação a seu ateliê, afinal por melhor que fosse em seu ramo, a sociedade prezava tradicionalismo, algo que não era exatamente o foco das modistas. Para tal, Marcelline tenta seduzir o duque, a fim de lhe mostrar a importância de um vestido bem feito de maneira que ele convença sua noiva, Clara, a se tornar cliente delas. O problema disso tudo é que o jogo de sedução entre os dois pode acabar indo mais longe do que ambos esperavam e trazendo mais problemas do que conseguiam prever.

    Setembro Amarelo - Top 5 | Livros Sobre Suicídio

    Durante o mês de setembro, com uma atenção especial no dia 10, acontece a campanha Setembro Amarelo. Esta campanha tem como objetivo a conscientização sobre prevenção do suicídio e alerta a população a respeito da realidade do suicídio, não só no Brasil, mas no mundo todo.

    No Brasil, um dos principais mobilizadores do setembro amarelo é o CVV (Centro de Valorização da Vida), que vem provendo a campanha desde 2014.

    Mais informações sobre a campanha em: http://www.setembroamarelo.org.br/

    Para contribuir, mesmo que de uma maneira simples, com essa bela campanha eu decidi listar 5 livros que tratam de suicídio que todo mundo deveria ler. Já que falar é a melhor solução, vamos falar!

    Pecados no inverno

    Pecados no inverno é o terceiro livro da série As quatro estações do amor e, até agora, é de longe o melhor deles. Desde que li seu prólogo, no final do segundo livro da série, fiquei super ansiosa pra saber como seria desenvolvido a premissa que li ali, e posso dizer que não me decepcionei nem um pouco.

    Neste volume temos a história de Evie, a mais tímida das quatro amigas cujas histórias são contadas nessa série. Com a mãe morta desde nova e um pai dono de um clube para homens, Evie não teve uma criação ideal, principalmente pelo fato de ela ter sido "delegada" a seus abusivos tios, que a tratavam com extrema frieza e rigidez, e em certas ocasiões até maus tratos, o que acabou por influenciar a personalidade mais "travada" de Evie que só ansiava por se livrar deles e ter uma vida calma. Quando ela descobre que seu pai está nos últimos momentos de vida, tudo que ela mais deseja é passar seus últimos dias com ele, a última parte de família que lhe resta, porém seus tios a proíbem expressamente e a única coisa que pode lhe ajudar é arrumar um casamento que a permita fugir desse controle de seus familiares. E a única pessoa que pode lhe ajudar é, talvez, a pior que poderia se pensar para marido: St. Vincent, o maior libertino da cidade, tão desesperado por dinheiro que qualquer casamento arranjado lhe serve.

    #GIRLBOSS - Sophia Amoruso, dona do meu coração.


    “Sophia Amoruso passou a adolescência viajando de carona, furtando em lojas e revirando caçambas de lixo. Aos 22 anos ela havia se conformado em ter um emprego, mas ainda estava sem grana, sem rumo e fazendo um trabalho medíocre que assumiu por causa do seguro-saúde. Foi aí que Sophia decidiu começar a vender roupas de brechó no eBay.
    Oito anos depois, ela é a fundadora, CEO e diretora criativa da Nasty Gal, uma loja virtual de mais de 100 milhões de dólares, com mais de 350 funcionários. Além da história de Sophia, o livro cobre vários outros assuntos e prova que ser bem-sucedido não tem nada a ver com a sua popularidade; o sucesso tem mais a ver com confiar nos seus instintos e seguir a sua intuição. Uma história inspiradora para qualquer pessoa em busca do seu próprio caminho para o sucesso.” – skoob

    O diário de Bridget Jones

    Bridget Jones é uma mulher na casa dos 30 anos que tem uma vida independente, é solteira, adora sair com os amigos, fumar, beber e se divertir, até que então decide mudar de vida e, através de seu diário, acompanhamos um ano dessa jornada em que ela se esforça pra mudar a atual situação da vida dela, parando de fumar, perdendo peso e a procura de um namorado.

    O diário de Bridget Jones é aquele chick-lit que aborda todos os temas que eu mais amo. Primeiro, temos uma protagonista que é "fora dos padrões". Aos 30 anos ainda não é casada, não constituiu família e, ao invés de tornar isso sua prioridade, investe em sua carreira profissional pra se tornar uma mulher de sucesso, sendo muitas vezes criticada por isso. Bridget sempre se vê nesse dilema de ter que correr contra o tempo para achar o cara ideal, ter um casamento perfeito, filhos e etc.

    Livros que marcaram a minha vida ­- A Cabana


    Fiquei olhando o cursor piscar na tela por alguns segundos enquanto pensava em como iria escrever esse texto.

    Pois então, cá estou eu para falar de um livro que muita gente torce o nariz quando ouve falar, mesmo sem nem ter lido a sinopse, simplesmente por achar que ele é chato ou desinteressante.

    O menino no alto da montanha

    O menino no alto da montanha é, de muitas maneiras, um livro que surpreende e nos tira o chão. Diferente da maioria dos livros que li que retratam a segunda guerra mundial e o período nazista, nesta história não conhecemos um personagem que seja vítima das atrocidades cometidas nesse período, mas sim um protagonista delas, alguém que as presenciou e até as cometeu. 

    Dividido em três partes, John Boyne nos leva à pré, durante e pós guerra da vida de Pierrot. Logo na primeira parte Boyne nos conta sobre a infância de Pierrot, um francês que vive em Paris com os pais e tem como melhor amigo um judeu que é surdo. Porém, ainda menino, ele acaba por perder os dois pais e, sem outra opção, é mandado para um orfanato na França, onde permanece por pouco tempo até ser contatado pela tia que o leva para morar na mansão na qual é governanta na Alemanha. Lá, ele percebe que todos tem um certo medo do patrão e, aconselhado pela tia, até muda seu nome para Pieter - algo mais alemão - a fim de despertar mais simpatia do mesmo. E logo ele descobre o motivo disso tudo: o patrão não é ninguém mais, ninguém menos que o próprio Adolf Hitler. 

    Capitolina - O poder das garotas


    O livro Capitolina surgiu da revista on-line de mesmo nome, criada em 2014 com a proposta de apresentar conteúdo para garotas adolescentes. A ideia era ter um espaço onde todas se sentissem representadas, e não obrigadas a se encaixar nos padrões de comportamento e beleza replicados por grande parte das revistas adolescentes tradicionais.

    Com o sucesso da revista on-line ela acabou virando um livro, lançado em 2015 pela Seguinte, o selo jovem da Companhia das Letras. Os textos de Capitolina são organizados em temáticas, abordando assuntos como gênero, cinema, música, espaços femininos na sociedade, modelos educacionais, aceitação, diferenças e muito mais. A obra traz dois textos por temática, sendo um já publicado na revista digital e outro inédito. Todos eles são ilustrados e 23 artistas assinam as ilustrações.

    A Guerra dos Mundos

    Em comemoração aos 150 anos do escritor britânico H. G. Wells, a Suma de Letras lançou em julho deste ano uma edição de luxo do clássico da literatura “Guerra dos Mundos”. Essa nova edição contém uma introdução por Brian Aldiss, prefácio de Bráulio Tavares, ilustrações feitas pelo artista brasileiro Henrique Alvim Corrêa, além da transcrição de uma entrevista de Wells e Orson Welles, roteirista, produtor e ator, sobre a transmissão de rádio feita por Orson, baseada em Guerra dos Mundos. 

    Além da transmissão de rádio, muito famosa por fazer com que muitos cidadãos acreditassem que estava acontecendo uma invasão alienígena, o livro ganhou duas adaptações cinematográficas. A primeira, dirigida por Byron Haskin, foi apresentada nas telinhas em 1953. A segunda, mais famosa, é de 2007 e foi dirigida por Steven Spielberg e estrelada por Tom Cruise.

    Publicado pela primeira vez em 1898, A Guerra dos Mundos nos leva até a Inglaterra do começo do século XX, que está sendo invadida por alienígenas, mais especificamente marcianos. Tudo começa quando várias cápsulas extraterrestres caem na Terra, dia após dia, até que algum tempo depois os marcianos saem delas e começam a travar uma guerra contra os seres humanos. Assim, acompanhamos todos os acontecimentos pelo ponto de vista de um narrador, que não é nomeado ao longo da história, e por seu irmão.

    Pensei que fosse verdade - Huntley Fitzpatrick



      
    Um livro leve, com personagens interessantes, com um enredo muito bacana, mas com um ritmo que não me agradou. Infelizmente, porque eu gostei bastante da história e fiquei bem dividida na hora de fazer a resenha. Conversei com uma amiga que me disse que os livros da Huntley Fitzpatrick causam uma reação de amor e ódio nos leitores bem intensa. Durante a leitura eu fiquei esperando acontecer algo, mas a personagem ia vivendo a vida e nada. Só no final do livro é que tudo acontece e você fica aliviado de finalmente ver a história andando. 






    Raio de sol

    Raio de sol é uma leitura diferente de tudo que eu imaginava que seria. O livro é um new adult que se passa na "fase universitária" de Kate. Ou seja, é aquela fase em que estamos enfrentando novos desafios e buscando coisas novas, embora no caso de Kate seja algo mais complexo que isso. A jovem, apelidada de Raio de sol por ter um coração bondoso e gigante, acaba de deixar a Califórnia para ir à universidade em Minnesota, e com ela deixa também seu melhor amigo Gus e sua mãe, que são como sua segunda família.

    Mesmo se sentindo triste por deixá-los pra trás, Kate está decida a aproveitar essa sua nova fase mais que tudo, fazendo novos amigos, buscando novos amores e enfrentando novos desafios, e mantendo contato com seu  melhor amigo, que mesmo distante ainda se faz presente. O problema é que, mesmo aparentando levar a vida de maneira leve e sempre com o humor "de bem com a vida", Kate esconde dentro de si segredos que podem mudar a vida de todos ao seu redor.

    O guia definitivo do mochileiro das galáxias

    O guia definitivo do mochileiro das galáxias, lançado pela Arqueiro, é uma compilação dos cinco livros da aclamada série de ficção científica O mochileiro das galáxias, escrita por Douglas Adams. Pelo fato de serem cinco livros, vou fazer nessa resenha um apanhado geral do que achei da história, contando o suficiente da trama para deixá-los situados mas sem ar muitos detalhes para que não haja spoiler. 

    O enredo gira em torno de Arthur, um terráqueo que está prestes a ter sua casa destruída para a construção de um viaduto e tenta, a todo custo, tentar impedir esse fato, sem saber que em pouco tempo o mundo inteiro iria ser destruído. Quando isso acontece, e Arthur vê que foi um sobrevivente, fica sem saber o que fazer até que seu amigo decide levá-lo com ele para explorar todo o universo vivendo as aventuras mais inusitadas.

    Quando finalmente voltará a ser como nunca foi - Joachim Meyerhoff



     
    O que mais me conquistou neste livro foi o fato dele ter sido escrito por um alemão. A última vez que degustei a literatura alemã foi com Goethe e me surpreendi com o Jovem Werther. Outra questão que me conquistou foi o ambiente familiar e o hospital psiquiátrico. Fiquei curiosa para saber como é ser filho de um médico tão importante para os pacientes considerados loucos e muitas vezes perigosos.

     Em cada capítulo o narrador, que é o irmão mais novo de três filhos, nos mostra vários momentos importantes e marcantes de sua vida e da sua família. Ele começa a narrar com 7 anos e com isso nós podemos enxergar através da sua inocência de criança os problemas dos pacientes que visitam o pai, os desentendimentos dos seus pais, a amizade com os irmãos e com os pacientes, o seu amor pela cadela enorme, as suas preocupações infantis e mais tarde tudo isso dá lugar a questões mais séries e percepções diferentes de tudo o que está ao seu redor.

    O autor soube narrar com muita delicadeza os detalhes que rodeavam a vida do pequeno Josse e as transformações a cada capítulo escrito. Além de retratar bem a imagem que ele tinha do pai, um médico muito dedicado, carinhoso com a família, mas distante da mãe e mulherengo. Uma parte bem interessante do livro foi quando ele investiga os vestígios do pai e descobre que ele tem uma amante. O menino fica bem chateado e indaga o pai com raiva, mas recebe uma resposta atravessada e só a compreende anos depois.

    Fofoca literária - Colleen Hoover X Tarryn Fisher

    Olá, queridos do Romances e leituras!

    Hoje nós vamos inaugurar uma coluna nova aqui no blog com duas escritoras gigantes da literatura internacional : Colleen Hoover, autora de vários YA e New Adult books encantadores e Tarryn Fisher com a série Amor e Mentiras publicada pela editora Faro Editorial.

    Eu confesso que conheço pouco a Tarryn e só me interessei mesmo por seu trabalho depois que comprei na Amazon o livro "Nunca Jamais" que ela escreveu com a Colleen. Só que as duas são muitooo engraçadas no Instagram. Se você tem uma conta nesta rede social não perca tempo e adicione as duas!

    Top comentarista de setembro!


    Hey pessoas! Tudo bem com vocês?
    Sim, eu sei que o blog anda meio abandonado faz um tempinho, e quero me desculpar imensamente com vocês por isso, mas infelizmente as vezes temos que escolher nossas prioridades, e pra mim foi bem difícil manter o blog atualizado e ainda lidar com o turbilhão de coisas que estavam (ainda estão) acontecendo na minha vida. Por isso dei uma parada por aqui, mas prometo que o blog vai voltar ao que era antes logo logo, já estou organizando as coisas (aumentando a equipe!!) e vai dar tudo certo, se Deus quiser. 

    Pra comemorar a volta com tudo, trouxe um top comentarista em dobro! Teremos dois livros pra um só ganhador esse mês, e bem fácil de ganhar! As regras são as de costume, bem fáceis, então vamos dar uma comferida: