• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    Uma Canção de Ninar

    Uma Canção de Ninar da escritora americana Sarah Dessen foi publicado aqui no Brasil em Julho de 2016 pela Seguinte, selo da Companhia das Letras.

    A protagonista deste Young Adult é a Remy, uma garota que não acredita no amor. 

    Ao longo da leitura percebemos que essa "descrença" tem por motivo em parte sua mãe Bárbara Starr que depois de 4 casamentos mal sucedidos e que agora parte para o seu 5º casamento com Don Davis, dono de uma concessionária da região.

    Outro motivo está relacionado a seu pai que nunca chegou a conhece-lá, no entanto quando ela nasceu compôs uma canção em sua homenagem chamada "Uma Canção de Ninar". Isso fez com que ela desde pequena carregasse uma enorme frustração sobre o amor, que a leva a se relacionar superficialmente com vários garotos, sempre seguindo algumas regras que ela criou para si, que são:

    "Não deixe ficar sério demais.Não deixe ele partir seu coração. E nunca, em hipótese alguma, saia com um músico."

    Por conta do casamento, Remy passa na concessionária para acertar com Don alguns detalhes da organização do evento. Nessa visita ela acaba esbarrando com Dexter, vocalista de uma banda, que diz ter sentido uma conexão com ela, como se soubesse que os dois ficariam juntos. Mas... cética como é Remy, ela não caí muito na do garoto e se estressa com ele.

    Dexter usa toda a sua insistência para ficar mais próximo da Remy que, em um momento de fraqueza acaba cedendo e dá uma chance para ele. E não dá outra. Ela acaba se apaixonando e quebra todas as regras que ela havia criado para os seus relacionamentos.

    "Ficar com tanto medo a ponto de nem tentar é um desperdício. [...]Cometi muitos erros, mas não me arrependo de nada. Porque pelo menos não passei a vida toda à margem, imaginando como seria viver."

    Uma Canção de Ninar foi a primeira obra da autora que tive a oportunidade de ler, porém, outras obras suas já foram anteriormente publicadas aqui no Brasil, como Os Bons Segredos. 

    Devido a hype da autora, escolhi esse livro para ler com muita expectativa, e acabei muito satisfeita com a leitura. Nele não há reviravoltas e muitas surpresas. Na verdade é bem cliché, mas Dessen encontra outras formas de fazer com que o leitor fique ao lado de Remy até a última página com sua escrita despretensiosa e uma história bem desenvolvida que flui de maneira leve, ela consegue prender o leitor à sua história.

    Os personagem são o que rende ao livro vários e vários ponto a mais. Todos me encantaram por serem bem construídos e com suas características marcantes que os tornam reais. 

    As amigas de Remy e Dexter foram os que mais me encantaram. As garotas me encantaram por terem uma personalidade forte e por preencherem a história com momentos divertidos e diálogos engraçados. Dexter, um personagem diferente, nada perfeito, que me cativou com seu jeito desastrado e seu humor.

    “Sabe, quando dá certo, o amor é realmente incrível. Não é superestimado. Há um motivo para existirem tantas músicas sobre ele.”

    No final, foi gostoso acompanhar o desenvolvimento de Remy, que aconteceu nem muito rápido nem devagar. Todas as situações pelos quais a nossa protagonista passou fizeram com que ela crescesse e mudasse algumas crenças que ela tinha, principalmente sobre o amor. Tudo aconteceu no tempo certo e foram, ao meu ver, convincentes. Não só a evolução da Remy como também dos outros personagens como a mãe e o irmão. Tudo muito legal de acompanhar.

    É uma leitura leve e maravilhosa, com personagens divertidos e diálogos engraçados, além de muitas quotes fofas e das questões que a autora aborda sobre o amor de uma perspectiva muito legal. 

    É uma leitura que vale muito a pena e o tempo!

    Classificação: