• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    A bela e a fera


    Desde pequena que sou fascinada pela história de A bela e a fera. Até hoje esse é o meu filme de princesa preferido, então ao saber da notícia de que teria um live action - e estrelado por ninguém mais, ninguém menos que Emma Watson, eu fui a loucura. Vim esperando ansiosamente pelo lançamento do filme e quando finalmente o assisti fiquei completamente apaixonada. Não poderia ter sido melhor.

    O primeiro a se dizer sobre o filme é que ele foi uma adaptação extremamente fiel do desenho. Nunca vi uma adaptação que seguisse tanto a história original, ou que não se perdesse da essência da história como aqui. Houveram mudanças? Sim, elas existiram, mas foram poucas e as que aconteceram foram muito bem orquestradas para apenas somar ao roteiro e não alterar o cerne dele. Algumas das novas cenas apenas nos dão uma nova visão dos personagens e da história, um novo ponto de vista que caiu muito bem!


    Um detalhe, que amei no filme e que não percebi no desenho (ao menos não lembro de ser assim, vou ver de novo pra confirmar, rs), é que os personagens são muito mais explorados, conhecemos eles bem mais profundamente. Senti que algumas características deles são mais evidentes no longa do que eram no desenho, quando só quem fizesse algum esforçasse conseguiria perceber - como é o caso da homossexualidade do Lefou.


    Aliás, falando em personagens, o elenco escolhido para representá-los não poderia ter sido melhor! Os atores e atrizes foram escolhidos a dedo, e viveram perfeitamente os personagens da história. Emma ficou nada além de perfeita como Bela. Eu já admiro muito a atriz, e acho que ela acabou levando algo de si mesma para a personagem, o que ficou incrível. Luke Evans ficou incrível como Gaston, encarnou perfeitamente a pose de macho alfa egocêntrico do personagem. Mas a coroa mesmo vai para Josh Gad que trouxe um Lefou sensacional à tona! O personagem é o alívio cômico da história, quem dá o tom de bom humor e descontração e quem rouba as cenas com seu jeito ingênuo, nos mostrando uma faceta que não conhecemos no desenho.


    A parte musical do filme é outra coisa fantástica! É fascinante perceber o quão bem feito foram as coreografias, como teve um "quê'' teatral que transformou as músicas em espetáculos para serem admirados. Estou apaixonada por cada cena e cada música interpretada no filme.


    A única coisa em que posso colocar algum defeito é nos efeitos especiais. Achei que pecaram e muito nessa parte e não ficou digno de uma adaptação tão majestosa como essa. Poderia ter sido infinitamente melhor, mais elaborado, mais mágico e gracioso do que foi. Mesmo assim, isso não tira a aura mágica que se sente ao assistir um filme tão bem feito. Saí do cinema de boca aberta, com lágrimas escorrendo pelo rosto, extremamente emocionada e fascinada com o trabalho incrível que fizeram. Poderia assistir várias e várias vezes que não me cansaria. Esse filme é puro amor! 

    Beijos,