• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    Volúpia de Veludo

    Volúpia de Veludo é o terceiro livro da apaixonante série As modistas. Se você é fã de romances históricos e gosta de ler livros que trazem um diferencial pra esse gênero já tão saturado no mercado literário, essa é a série pra você. Os volumes trazem histórias independentes das irmãs Noirot e podem ser lidos independentemente - ainda que eu recomende uma leitura sequenciada, a fim de evitar eventuais spoilers. 

    Este terceiro volume nos conta a história de Leonie, a mais nova das irmãs Noirot. Por não ter nenhum dom para criação das roupas, Leonie sempre foi a responsável pela administração da loja das irmãs modistas, sendo a cabeça por trás dos números. Com o casamento das duas irmãs, Leonie se tornou responsável por manter todo o trabalho das Noirot vivo, operando a todo vapor. Sua única missão era não deixar os negócios das Noirot morrer, não depois de todo o esforço que tiveram para conquistar seu lugar. 

    Quando a prima do marquês Simon, Gladys retorna à Londres para mais uma temporada, Leonie toma para si o desafio de transformá-la em uma lady de arrancar suspiros - e pedidos de casamento - dos poderosos nobres. Menosprezando a capacidade de Leonie para tal, Simon e ela acabam por fazer uma aposta para ver se ela de fato consegue admiradores para Gladys. E claro que, como uma Noirot, Leonie não é de correr de um desafio e mostrará toda sua habilidade nessa empreitada. 

    A atração entre os dois fica cada vez mais evidente no decorrer da história, mas enquanto Simon rapidamente percebe e aceita seus sentimentos, Leonie fica dividida entre seu trabalho - que é sua prioridade e o legado de sua família, conquistado com muita luta -  e o que sente por Simon. 

    Loretta Chase já havia me conquistado no primeiro volume da série, quando trouxe um grupo de irmãs que são à frente do seu tempo: são independentes, pensam por si mesmas, e conquistaram seu lugar ao sol com muito esforço e trabalho - algo que não se vê na época em que a história foi ambientada. Mas confesso que criei um carinho especial por esse livro. 

    A primeira coisa que quero destacar, que foi um dos grandes motivos por esse ser meu volume favorito da série, é o fato de que, diferente dos volumes anteriores, esse amplia muito mais o foco da história. Não ficamos tão concentrados no casal principal, acompanhamos o background também e, com isso, acabamos tendo uma visão muito mais ampla da sociedade da época. A autora explora muito mais o cenário histórico (não que isso não acontecesse nos primeiros livros, mas é muito mais evidente neste aqui).

    Os protagonistas são extremamente cativantes e bem trabalhados pela autora. Leonie, assim como as irmãs, é muito mais do que uma lady, é extremamente astuta, inteligente e prática e isso é notável logo nas primeiras páginas do livro. Esse fato torna a leitura muito mais interessante, já que ela nos rende diálogos muito bem elaborados e uma mocinha que age com a cabeça - até demais, ás vezes. Simon também é um charme de marquês, amei como ele se porta, como toma como meta conquistar Leonie, e como, brilhantemente, dá uma sacada bem inteligente no final, colocando Leonie em suas mãos. 

    A narrativa é em terceira pessoa, o que nos permite uma visão muito mais ampla dos personagens e da história num geral. Aliás, senti que a autora trabalha bem mais os protagonistas nesse volume, tomando o seu tempo para desenvolvê-los, sem apressar nada, e nos envolvendo muito mais enquanto isso. O romance acaba por surgir de forma bem natural e convincente, o que não passava de um capricho e um desafio para os dois vai se tornando muito mais e é uma delícia acompanhar a rendição deles às emoções que sentem. 

    O livro segue de forma fluida e envolvente, repleto de bom humor, diálogos inteligentes e personagens interessantes e fora do padrão. A história é bem desenvolvida e uma delícia de se acompanhar, nos garantindo um romance leve, divertido e ainda com uma pitada de crítica social: impossível ser mais perfeito. Os fãs do gênero não podem perder de ler!

    Classificação




    Beijos