• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    O Livro das Listas - Renato Russo


    Um prato cheio de referências e gostos do compositor e cantor Renato Russo, O Livro das Listas foi publicado pela Companhia das letras e foi organizado pela poeta Sofia Mariutti e o escritor Tarso de Melo. Ele reúne de tudo e mais um pouco sobre uma mania ávida de Renato, listar as coisas. Seja em cadernos ou em seus diários, Russo organizava seus pensamentos, ideias e conceitos todos em listas.

    Considerado gênio por alguns, Renato era como qualquer pessoa normal. Em muitas de suas anotações é possível perceber suas preocupações, metas e até mesmo seus conflitos internos . Ainda por cima, Russo tinha uma paixão muito grande por cinema, e arte em geral. Nesse livro podemos conhecer suas melhores influências e suas coisas favoritas, como sua fascínio pelos Beatles, The Sex Pistols, e The Clash.



    Na sua lista de "Melhores livros que você já leu", Russo cita clássicos como O Apanhador no Campo de Centeio, Admirável Mundo Novo, e Capitães de Areia, do nosso querido Jorge Amado. Uma das partes mais interessantes que encontrei, foi a apreciação que ele tinha pelas adaptações de livros do Stephen King, o aclamado Carrie, a Estranha, e O Iluminado (gente como a gente).

    Em "10 pessoas famosas que você convidaria para jantar", Russo também pensou além, cita nomes como Marylin Monroe (pela qual descobri que ele tinha grande admiração),  Jesus Cristo e até mesmo Leonardo da Vinci, não menos importantes. Há outras listas comuns, sobre coisas que ele almejava ou pretendia num dia ou a longo prazo. Quem é fã vai se empolgar muito pelos gostos do cantor e suas fixações. Eu mesma que sabia pouco sobre ele e o Legião Urbana, fiquei encantada.

    Renato Russo nasceu em 1960, fundou o Legião Urbana em 1982, e morreu em 1996 devido a Aids. Esse é o terceiro livro póstumo dedicado ao cantor, é leve e composto de algumas curiosidades interessantes apesar de ter muitas informações repetidas. Conhecer, mesmo que seja brevemente, como funcionava a mente de alguém que mudou a história da música e até mesmo o jeito de se pensar brasileiro, é um baita privilégio. Indico o livro principalmente para quem se inspira em gente como o Renato, gente que tem vontade de fazer sua própria história valer a pena.