• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    As Crônicas de Marte

    Com uma reunião de 15 contos escritos por diversos autores de ficção cientifica e organizado por Gardner Dozois e o famoso autor das As Crônicas de Gelo e Fogo, George R. R. Martin, As Crônicas de Marte leva o leitor para uma aventura espacial ambientada no pequeno planeta vermelho. 

    Nos contos que compõe a obra, cada autor dá seu tom, criando histórias sem limites criativos que dão a Marte caras diferentes. Tornando Marte tão plural que cada conto apresenta um universo completamente novo, só esperando para ser explorado.

    De modo geral o livro me agradou muito, apesar de não ter encontrado um equilíbrio. Ou os contos era muito divertidos e imersivos ou eram extremamente maçantes a ponto de te fazer desistir da leitura e passar pra próxima.

    Alguns dos contos que merecem a menção honrosa, são:


    📖 O Patinho Feio - Matthew Hughes

    Aqui acompanhamos Fred Mather, um arqueólogo que conseguiu ir em uma expedição à Marte, mentindo em seu currículo. Assim, ele é designado por seu supervisor em uma missão a Cidade dos Ossos, distribuir transponders entre as construções para que as maquinas escavadoras pudessem explorar o local em busca de minérios. Mas uma missão aparentemente tranquila e rápida, acaba por mudar a vida de Mather quando ele encontra objetos do povo que habitava o local.

    Esse conto foi um dos mais imersivos do livro. Ele tem um enredo simples, mas por apresentar um planeta pobre, que um dia foi rico de cultura e costumes e a forma como o personagem vai descobrindo isso e enlouquecendo é muito MUITO legal de acompanhar. Fiquei presa do começo ao fim, querendo saber qual seria o desfecho do protagonista.

    📖 Bancos de Areia - Mary Rosenblum

    Maartin é um  garoto que, quando mais novo, sofreu um acidente com a mãe próximo as minas de Marte. Apenas o menino sobreviveu, mas com sequelas, causadas por bater a cabeça durante a explosão. Por conta do ocorrido sua fala ficou comprometida. Mas além disso, agora ele consegue ver criaturas que co-existem com os seres humanos em um outro plano. Apesar de ser considerado retardado por muitos, ele pode ser o único capaz de salvar as pessoas de sua cidade e os marcianos daquelas que querem destruir o lugar para explorar as riquezas que existem ali.

    Bancos de Areia, assim como O Patinho Feio, também apresenta a ideia de um planeta que já possui suas próprias histórias, culturas e crenças, que são sempre negligenciadas por terrestres que procuram utilizar o planeta. Nesse em questão o contato com o personagem principal é maior, então rola uma empatia por ele e a sua dor que tem um papel importante no desenvolvimento da história.

    📖 Escrito no Pó - Melinda Snodgrass

    Após perder sua esposa Catherine para uma doença que atinge muitos moradores de marte, fazendo com que sigam para as cidades abandonas e fiquem por lá até morrerem, Stephen se tornou um velho amargo. Por conta da saúde debilitada do pai, Kane leva Noel, seu marido, e Tilda, sua filha, à Marte para cuidar de Stephen. Tilda é uma garota cheia de expectativas quanto ao seu futuro na Terra, pois logo irá para o planeta estudar na universidade de Cambridge. Só que a jovem nem imagina que Kane e Stephen tem planos completamente diferentes para ela.  

    Escrito do Pó é o conto que dentre os três é o mais bem construído. Ele não só trabalha com essa questão da negligência aos verdadeiros "donos" do planeta e sua cultura, mas também abre espaço pra trabalhar temas como relações familiares e diversidade - os pais da protagonista são um casal gay - com muita delicadeza e sensibilidade, além de ter um desenvolvimento dos personagens dentro do arco que é muito bem construído para um conto de 20/30 páginas.

    Mas houveram decepções. Alguns poucos contos decepcionaram muito, por serem tão maçantes e confusos que me fizeram abandoná-los e prosseguir a leitura sem dó. Que foi o caso de Os Manuscritos do Fundo do Mar Morto e A Ária da Rainha do Norte.

    Para os fãs de ficção cientifica, fica a indicação de grandes aventuras pelo planeta vermelho.