• Home
  • /
  • Sobre o blog
  • /
  • Colunas
  • /
  • Parceiros
  • /
  • Anuncie
  • Resenhas Novas

    A Louca dos Gatos


    A terceira coletânea da cartunista Sarah Andersen traz novas tiras que retratam os desafios de ser um jovem adulto num mundo cada vez mais instável. (...)Além de suas tirinhas sagazes e encantadoras, a autora, que já reuniu mais de 2 milhões de fãs no Facebook, traz também ensaios ilustrados com dicas para os artistas aspirantes aprenderem a lidar com críticas, ignorarem os trolls na internet e não desistirem de mostrar seu trabalho.






    Quem nunca sentiu que os níveis de ansiedade estavam tão altos que você poderia explodir? Ou passou por alguma adversidade e ficou pensando que esse tipo de coisa só acontecia com você? As tirinhas da Sarah Andersen vão encontrar você, te abraçar e dizer: “tá tudo bem, a gente tá no mesmo barco”. 

    Segundo a biografia da Sarah no site da Seguinte, ela é cartunista e ilustradora, nascida em Connecticut e atualmente morando em Nova York. 


    Eu conheci o trabalho dela através da sua página no Facebook, intitulada “Sarah’s Scribbles”, e desde então virei fã de carteirinha. Essa é a terceira coletânea de tirinhas dela que a Seguinte lança, e eu indico fortemente vocês lerem as outras. Uma Bolota Molenga e Feliz tem resenha aqui no blog, e eu tô louca pra ler o Ninguém vira adulto de verdade

    Cada um dos volumes tem uma temática que orienta muitas das tirinhas, mas também há material sobre outros assuntos. Em A Louca dos Gatos fica claro que o assunto principal são… gatos! Fiquei doida por esse volume principalmente por ter adotado um gato há uns 3 meses e estar DOIDA com o quanto eu posso amar um bichinho E querer distância dele AO MESMO TEMPO (humanos de gatos, vocês também passam por isso?).


    O Bolinho é um doce, mas quando ele ativa o modo Lúcifer eu juro pra vocês que dá vontade de sair porta afora (risos). Eu fico me perguntando se era assim que as nossas mães se sentiam quando a gente estava passando pela fase da adolescência (fica aí o questionamento).

    Fala sério gente, como vocês reagem quando um bebê humano entra no campo de vocês?
    Enfim, apesar de ter me identificado com 95% das tirinhas sobre gatos, também me vi representada por quase 100% das outras. 

    O livro tem uma “parte II”, em que a Sarah escreve sobre situações que ela já passou e ilustra essas experiências com tirinhas cheias de bom humor, que inspiram a gente a rir dos problemas e tentar aprender algo bom com cada dificuldade. 

    Eu gosto de carregar esses livros na bolsa, e abrir aleatoriamente em qualquer momento do dia. Ainda que eu já conheça todas as tirinhas, sempre que eu leio alguma delas eu sei que em seguida vem aquele sorriso de “é, eu não sou a única a passar por isso”. E é bom a gente saber que várias das nossas dificuldades são coisas normais da vida, e que sempre podemos encontrar motivos pra sorrir. 

    O trabalho da Seguinte está um primor, como sempre. Tô louca para colocar os três na estante bem bonitinhos <3

    Classificação:



    Quem aí também é fã da Sarah? Me conta nos comentários e vamos trocar figurinhas sobre nossas tirinhas favoritas <3

    Beijocas!